Notícias
Curitiba: € 15 mi em mobilidade urbana

23 jul
2013

Curitiba: € 15 mi em mobilidade urbana

A prefeitura de Curitiba contratou o consórcio formado pela espanhola Indra, Dataprom e Iessa (joint venture da Indra com a parceira local Esteio) para executar o projeto SIM (Sistema Integrado de Monitoramento),  com investimento de € 15 milhões.

90724-oprprprprprprprp

O contrato envolve soluções de gestão de tráfego urbano, com foco na frota de 2,5 mil ônibus públicos que transitam pela capital paranaense.

As soluções a serem entregues compreendem painéis de mensagem para informar os condutores dos veículos, detectores de tráfego, sistema de vídeovigilância baseado em circuito fechado de televisão (CCTV) e de vídeodetecção.

É o segundo projeto da Indra para Curitiba.

O primeiro, realizado em 2010 também em parceria com a Esteio, incluía o sistema de gestão de tráfego urbano Hermes, que foi aplicado ao gerenciamento de 48 semáforos da cidade.

Agora, o sistema será integrado ao novo projeto, aumentando para mais de 600 o número de sinaleiros controlados.

A solução atua com base no conceito de prioridade semafórica para o transporte público, contando com análise georreferencial da posição dos veículos para otimizar o tempo das viagens de cada rota.

Alimentado por estes dados, o sistema reconhece a aproximação dos ônibus nos cruzamentos semafóricos e faz com que os controladores eletrônicos acelerem ou estendam o tempo de verde do sinaleiro quando um ônibus for passar.

A solução permite também analisar todas as rotas de passagem dos ônibus, identificar intersecções críticas para a prioridade, detectar pontos ideais para melhora dos tempos de viagem e definir ações de melhoria de cada ponto.

Além disso, possibilita verificar quesitos como horas de passagem de veículos, ocupação de passageiros, posição das paradas, existência de corredores, entre outros.

A Indra já desenvolve projetos do gênero na Espanha, China, Estados Unidos, Colômbia, Chile, México, Peru, Marrocos, Portugal e Polônia.

No Brasil, este é o maior contrato do gênero, garante a companhia, que tem crescido a passos largos no país, especialmente com a forcinha do setor público.

Em março deste ano, um contrato para gerenciamento de serviços tecnológicos de 12 instituições do governo federal brasileiro somou R$ 50 milhões à já recheada carteira de atendidos pela espanhola no setor.

O projeto envolve instituições como MCTI, STE, TSE, e Ministério dos Esportes, mas a companhia já atendia a nomes como Petrobras, Exército e CEF, sendo que só para esta última a multi europeia assinou em agosto de 2012 dois contratos somando R$ 94 milhões.

Com mais de 42 mil colaboradores e clientes em 128 países, a Indra oferece soluções e serviços também para clientes dos setores financeiro, energia e utilities, telecom, saúde, indústria, transporte e tráfego.

A empresa está presente no Brasil desde 1996, com uma equipe de mais de 7,5 mil profissionais.

Ao todo, a multi espanhola somou vendas de aproximadamente € 3 bilhões no último ano, dos quais cerca de 60% vieram de negócios fora do país sede.

Fonte: Baguete

Sem comentários

Comente:

You must be logado em para postar um comentário.