Notícias
Previsões para os CIOs

16 jan
2014

Previsões para os CIOs

A virada do ano traz novos desafios para os CIOs, que devem mudar tanto o trabalho deles como a maneira de fazê-lo.

Previsões para os CIOs

O novo desafio é administrar a Terceira Plataforma, uma nova etapa na revolução tecnológica composta por quatro tendências: a nuvem, os negócios sociais, a mobilidade e o Big Data.

Saiba quais são as previsões para esta área!

  1. Em dois anos, mais de 70% dos CIOs deixarão de ser Diretores de Tecnologia da Informação para serem Diretores de Inovação Tecnológica.
  2. Apenas 40% dos CIOs vão estar preparados para produzir insights de negócios do Big Data e Analytics antes de 2017.
  3. 70% dos CIOs devem aumentar a exposição de risco da empresa com o objetivo de agilizar o negócio através do incremento do uso da nuvem.
  4. Em 2017, a mobilidade empresarial vai exigir que os CIOs apoiem uma arquitetura ágil, com aplicativos móveis da próxima geração.
  5. Em 2015, a mudança demográfica para clientes jovens e móveis vai exigir 80% de CIOs nos negócios orientados ao consumo, que devem integrar TI com as redes sociais públicas.
  6. Em 2015, os requisitos da Terceira Plataforma vão fazer com que 60% dos CIOs usem a arquitetura corporativa como uma ferramenta necessária do setor, mas apenas 40% vão usá-la de forma eficaz.
  7. Em 2015, 60% do orçamento de segurança dos CIOs para sistemas cada vez mais vulneráveis,​​ será de 30% a 40% menor do que o necessário para financiar os riscos da empresa.
  8. Em 2017, a transferência de investimentos na Terceira Plataforma, a partir de orçamentos de diversas linhas de negócio, vai exigir que 60% dos CIOs enfoquem o orçamento de TI em inovação e valor de negócios.
  9. 80% do orçamento de TI, em 2018, será baseado na prestação de um amplo portfólio de serviços de negócios.
  10. Em 2018, a adoção da Terceira Plataforma de TI irá redefinir 90% das funções de TI.

A Terceira Plataforma está transformando o mundo de TI. Você está pronto para fazer parte desta revolução?

Fonte: SAP

Sem comentários

Comente:

You must be logado em para postar um comentário.