Notícias
RH na construção da identidade de um negócio

23 jan
2015

RH na construção da identidade de um negócio

Blog_11

Quando pensamos em branding, automaticamente o associamos à imagem que os clientes têm da empresa. No entanto, criar e manter uma imagem “vendável” da sua marca não é uma tarefa apenas para o departamento de marketing, mas também para o setor de recursos humanos. O RH lida com um público muito importante na construção da identidade e reputação de um negócio, e a mensagem transparecida pelo departamento é transmitida desde os candidatos até os colaboradores, indo muito além da empresa.

A nova geração de profissionais busca mais do que apenas um emprego, eles buscam uma cultura que vá ao encontro dos seus ideais e um ambiente no qual possam planejar uma carreira. Os candidatos estão mais seletivos no momento de candidatar-se, por isso a apresentação da empresa é tão importante.

Quando falamos de recrutamento e seleção, passar uma imagem positiva da empresa é uma responsabilidade quase exclusiva do RH. Sua empresa pode iniciar um bom posicionamento frente a seus candidatos mantendo uma página de “Carreiras” com todas as informações relevantes , mostrando de forma clara e objetiva a cultura da empresa, disponibilizando o máximo de dados possíveis sobre a vaga aberta e procurando manter o processo de recrutamento o mais informativo possível. Também é importante informar aos candidatos quando são reprovados em uma etapa e, se possível, oferecer um feedback.

Essa atenção com os candidatos já gera um retorno positivo sobre a imagem da empresa, indo além da imagem que o marketing constrói para o público externo.

Para os recém-contratados é importante estabelecer uma boa comunicação desde o início. O processo de integração, atualmente desvalorizado por algumas corporações, pode fazer toda a diferença para o futuro da relação empresa-colaborador. Entre os talentos da empresa é preciso disseminar a ideia de que o RH é um canal de comunicação aberto. É cada vez mais comum ver marcas que passam por crises decorrentes da publicidade negativa transmitida por funcionários insatisfeitos, algo que poderia ser amenizado ou resolvido dentro da empresa.

Da mesma forma que o RH deve atentar para essas situações críticas, o setor pode trabalhar para divulgar os feedbacks positivos, incentivando talentos a compartilharem suas experiências. Ações integradas às mídias sociais incorporam um caráter mais humano à marca, e estamos justamente tratando disso: pessoas e valores.

Fonte: SAP

Sem comentários

Comentários estão indisponíveis